Em um eventual 2º turmo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou a vantagem contra o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na disputa pelo Palácio do Planalto em 2022.

Segundo a pesquisa PoderData, feita de 30 de agosto a 1º de setembro, caso as eleições fossem hoje, 55% votariam no petista contra 30% que escolheriam o atual presidente. No levantamento anterior, realizado no início de agosto, a diferença era de 20 pontos. 10% votariam em branco ou nulo e 5% disseram que não sabem.

O Nordeste é a região brasileira em que Lula tem mais apoio, com 69% dos entrevistados da região que afirmaram que votariam no petista. O petista vence Jair Bolsonaro em todas as regiões do Brasil, com exceção do Sul, onde há um empate técnico, já que a diferença de 2 pontos percentuais fica dentro da margem de erro da pesquisa.

A pesquisa foi realizada no período de 30 de agosto a 1º de setembro de 2021. Foram 2.500 entrevistas em 472 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.