Com três jogos para o término da Série B, o Vitória tem 54,8% de risco de cair para a Terceira Divisão. É o que aponta o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O Leão chegou a esse percentual após o empate em 0 a 0 com a Chapecoense, no último domingo (17), no Barradão. Antes do início da 35ª rodada, o time rubro-negro aparecia com 48,1%.

O Vitória fechou a rodada no Z-4. O Leão tem 39 pontos e ocupa a 17ª posição na tabela de classificação da Série B. A pontuação é a mesma de Náutico e Figueirense, que aparecem em 16º e 15º, respectivamente, porém o time comandado pelo técnico Rodrigo Chagas perde nos critérios de desempate.

O Oeste já está rebaixado. Já o Botafogo-SP tem 94,5% de risco de cair, enquanto o Paraná aparece com 82,3%, seguido pelo Vitória (54,8%), Figueirense (40,9%) e Náutico (27,4%).

O levantamento tem como base o mando de campo dos jogos e o retrospecto das equipes na competição, bem como a dificuldade dos confrontos em função dos adversários. O próximo jogo do Vitória é contra o Guarani, quarta-feira (20), às 16h, no Brinco de Ouro, em Campinas, pela 36ª rodada da Série B.