Vitória segura empate em Pituaçu e conquista título de campeão baiano Sub-17

3

Em partida disputada na manhã deste sábado (1º), no Estádio de Pituaçu, Bahia e Vitória não saíram do 0 a 0 na segunda partida da final do Campeonato Baiano Sub-17. Como tinham vencido o jogo de ida, no Barradão, por 2 a 0, os garotos do Leão conquistaram o título estadual de 2018 na categoria juvenil.

A partida foi marcada por muito equilíbrio e muita disputa, desde os primeiros momentos, mas as duas equipes tiveram dificuldades para criar boas chances de gol. Na segunda etapa, mesmo com a vantagem, o Vitória partiu pra cima e criou as melhores oportunidades, mas acabou esbarrando no goleiro Leonardo e também na trave. Já o tricolor, precisando do resultado, não criou boas oportunidades e não conseguiu tirar o zero do placar.

Em entrevista à TVE, após a partida, o técnico Rodrigo Chagas falou sobre a responsabilidade que caiu sobre os ombros dos atletas, diante do ano ruim do Leão.

“Para mim é muito importante, porque eu mantenho uma hegemonia. Acho que a quinta participação minha, com cinco títulos consecutivos, graças a Deus. É o terceiro título no ano que nós tivemos e a gente espera continuar. Eu passei para eles o seguinte, nós não ganhamos infantil, nem o júnior, nem o profissional, a responsabilidade caiu para a categoria Sub-17. Então, a gente assumiu essa responsabilidade e de forma alguma a gente ia deixar acontecer isso. Eles estão de parabéns pelo que apresentaram. Mais do que nunca, acho que a gente está aqui para formar atletas e cidadãos, e que eles possam amanhã ou depois lembrar desse momento mágico, com um título coroando que é o mais importante”, afirmou.

Escalação do Bahia:
Leonardo; Douglas, Lucimário, Vinícius Barcelos e Gabriel (Felipe); Josué (Eduardo), Isaac, Douglas (Júlio Vinícius) e Daniel; Rodrigo Sabará (Rubem) e Elly Ramos.
Técnico: Thiago Santa Bárbara

Escalação do Vitória:
Cabral; João Victor (Marcos), Diguinho, Matheus e Alexandre; Tássio, Douglas, Erivaldo e Ruan Nascimento; Hitalo e Ruan Costa (Lucas Barreto).
Técnico: Rodrigo Chagas